10 Filmes mais esperados (por mim) de 2013, II.

Resolvi fazer uma parte II! 🙂

Carrie – A Estranha

Por mais enjoativa essa história da Carrie tenha se tornado, eu continuo gostando e quero muito ver o remake. Pelo o que eu vi, a atriz não é a mesma, e eu não sei se tendo a atriz bonitona ele vai continuar com aquela essência de Carrie, sabe. Mas tô apostando nele, e vou ver.

O Abismo Prateado

Eu não sou fã de filme brasileiro. Não sei, não consigo gostar como alguns gostam, é muito raro um filme brasileiro ter uma qualidade boa, com atores bons, trilha sonora boa. Mas “O Abismo Prateado” tá com cara de filme bom! Fora que ele fala muito em Porto Alegre e eu tô curiosa, e a Alessandra Negrini é uma atriz que eu admiro muito.

Bling Ring: A Gangue de Hollywood

Gosto de longa e de histórias reais, e filme com a Emma Watson não consegue ser ruim. (tá, eu odeio Harry Potter)

Amor Pleno

Tenho o meu lado chororô e amante de filmes dramáticos, mas me interessei MUITO pelo filme por causa da Rachel (amosou essa molier) e o Ben Affleck (amosou ver esse homem respirando).

O Homem das Sombras

Gosto muito da Jessica Biel, e o filme me parece ser muito bom. É clichezinho, esses que crianças somem e a mãe ou o pai nunca acreditam até que acontece algo com eles, e fica aquela paranoia deles tentando achar, etc. Sou muito chata com filme de Suspense e Terror, mas mesmo sabendo que não existe mais Terror como antes, eu aponto pr’esses filmes de agora e remo na esperança de gostar. (Silent Hill GRAÇAZADEUS tá salvando o gênero de Terror).

Segredos de Sangue

Ai, Nicole… ai, ai. ♥♥

The Paperboy

Zac Efron cresceu, né? Ficou um pitelzinho e bom ator (embora eu nunca esqueça daquela paródia épica do HSM hahaha), e a Nicole de novo. Algo me diz que esse filme vai me deixar muito feliz. ♥

The Iceman

Ai, filme de mafioso é bão demais.

Confissões de um Jovem Apaixonado

E ESSE DOHERTY COM AQUELA VOZ, SOCORRO? E AQUELA CARINHA DE NENÉM, SOCORRO? Eu já sei muito bem que vou ficar suspirando o filme inteiro, e vou ter que ver, rever, e de novo, e de novo… até entender. Porque sério, o Doherty é o meu eterno Doherty. E ele é maravilhoso em tudo o que faz.

Machete Kills

Em falar que a segunda mulher da minha vida vai participar… Rosana, eu tô tremendo. E antes que falem: Gaga é uma ÓTIMA atriz, que sabe levar o trabalho a sério, sabe encenar, não é melacueca como alguns acham. E tô mais do que ansiosa pr’esse filme.  E esse pôster me deixa mais ansiosa ainda!

lady-gaga-machete-kills-la-chameleon

BRINCANDO-DE-SER-PERFEITA.

Filmes bem bolados.

Existe filme e existe filme bom e bolado. Sabe, eu não gosto desses filmes onde tá na cara o que acontece, do início ao fim. Eu amo filmes confusos, aqueles que você acha uma coisa, e é outra. Aquele que te prende do início ao fim, que não te deixa bocejando em menos de 30 minutos. Filme bom mesmo, sabe? Então eu resolvi falar de alguns filmes que eu vi neste mês e são MUITO bons.

 

A Vítima Perfeita:

Sabe, eu BATO PALMAS pra esse filme. Foi baseado numa história real, e o filme é bem tenso mesmo, aquele onde você acaba se envolvendo, entrando na história, sofrendo junto. Relata uma garota depressiva, insatisfeita com a vida, família e o corpo, que acaba agindo de forma psicopata quando a inveja de uma amiga feliz, dançarina e bonita, toma conta dela. Tem partes que eu realmente fiquei muito envolvida na história, eu refleti muito depois de ver esse filme, onde a inveja realmente pode te levar. É um drama e suspense, e é muito, mas muito bom. E sério, dá uma vontade IMENSA de chorar.

A Última Casa Da Rua:

Minha mãe é uma viciada em filmes (dica pra ganhar o coração dela, hahaha!) e todos os dias, aluga mais de 2 pra ver, e algumas vezes eu vejo com ela. Vi um nessa semana ainda, e é muito bom também. Uma dos personagens principais, é a que caiu no Oscar divina Jennifer Lawrence, que é uma adolescente que se muda com a mãe pra uma cidade. Ela acaba fazendo amizade com um cara, que tem uma irmã, digamos, sequelada. Bom, se eu contar mais, eu dou um baita de um spoiler, então eu recomendo muito!

Zodíaco:

Esse filme foi indicado por um anônimo da minha ask hahahaha, pelo Robert estar nele e tal, e ralei muito pra tentar achar esse filme aqui na locadora. Procurei até encontrar, e encontrei! Também foi uma história verídica (amo filmes verídicos), só que ele acaba meio “não gostei”. Ou sim, sei lá. Enfim, é sobre um serial killer que mata um casal, e depois de seis meses ele acaba matando outro. Depois disso, o assassino começa a se comunicar com os jornais, policiais e etc sobre quem ele matará depois. Ele manda mensagens codificadas, símbolos, etc. Eles demoram muito tempo investigando sobre quem pode ser o assassino, o filme te prende muito.

A Onda:

Eu vi esse filme em uma aula de Literatura ou Português, e como é difícil olhar filme com um bando de retardado gritando, eu aluguei pra ver ele com calma. Gostei, muito, muito. Também foi verídico, e o filme é bem ‘agitado’, não é aquele filme parado e chato. Relata um professor (bem loucão por sinal) que ama Ramones (já amei o filme por aí hihi) que resolve transformar os alunos bagunceiros e desinteressados de uma sala, em pessoas disciplinadas, autoritárias. Eles acabam criando uma ‘seita’ chamada ‘A Onda’, e a coisa acaba saindo de si, eles começam a agir uns contra os outros, a serem egoístas, e começa a ficar trágico. O triste é que não tem áudio em inglês, só em alemão.

A Casa Dos Sonhos:

Relata um escritor famoso que acaba morando em uma casa com suas duas filhas e esposa, e depois de um tempo, ele acaba descobrindo que ali aconteceu um assassinato. Acaba que o cara descobre que ele pode ter causado isso, e ter criado/vivido uma ilusão com sua esposa e as filhas. Ele só tem uma pista, que é uma vizinha misteriosa. O filme é bem confuso, eu tive que olhar duas vezes pra entender, se você gosta de filmes confusos… olhe. E ele é um dos mais bolados que eu vi, sério. 😀

Efeito Borboleta:

Foi-se o tempo onde o Ashton Kutcher fazia filmes bons e bolados. Tá certo que ele é bom em filmes de Comédia, mas que esse filme tornou ele um mestre, isso é verdade (pelos menos pra mim). Acho que todo mundo já viu esse filme, eu vi muitas vezes, e olharia de novo. O Evan, que é o Ashton, faz uma regressão pra consertar alguns fatos de infância que aconteceram, e volta com a alma e o corpo de criança. Só que ele tenta refazer pedaços ruins da infância, e acaba apagando esses problemas e causando outros no seu futuro. É complicadinho de entender, mas vale a pena ver.