Ghost On Ghost

Como eu tava postando muita coisa seguida sobre moda, roupas, inspirações e etc, eu resolvi indicar um álbum pra vocês, o último que eu indiquei foi no ano passado ou no início de Janeiro e realmente faz muito tempo. E a indicação de hoje é o CD Ghost On Ghost do Iron & Wine!

Iron_Wine_Ghost_On_Ghost_album_review_by_Caoimhe_O_Malley_music_scene_ireland

O novo álbum tá ó: UMA DELÍCIA (acharam que eu ia colocar “uma bosta”? Hahaha). Ele é muito gostoso de se ouvir, mesmo. É suave e nostálgico, fora que a voz dele é magnífica, os instrumentais são tão amor que dá vontade de pedir esse senhor barbudo em casamento (ele fez uma música lá pro primeiro filme da saga Crepúsculo, lembram? Flightless Bird, American Mouth). Eu não consegui definir o estilo do álbum, mas ele me lembra muito o Jazz e Folk, é realmente um som maravilhoso de se ouvir, principalmente hoje que tá friiiiiiio! Vocês fazem o download dele aqui. 🙂

 

About Natali Germa.

Natali Veronica Germanotta é a irmã de Stefani Germanotta, mais conhecida como Lady Gaga (ah, sério?). Ela é estilista , e estudou moda em Parsons The New School for Design, New York.

Natali tem apenas 21 aninhos, e apesar de ser irmã de nada mais e nada menos que Lady Gaga, ela diz que nunca vestiria as roupas da irmã, e que prefere seguir uma carreira que ama do que ficar enchendo a cara em bares (lienda!).

natali01

Natali e Joe (seu pai) e Natali, Madonna Cynthia (sua mãe) e Gaga.

E quando o assunto é trabalho, Natali leva bem a sério. Inclusive, ela desenha e desenha muito bem! ♥

536178_213188075491959_1340435662_n

538660_193421107468656_1903187531_n (1)

E se vocês se interessaram pelos trabalhos da Natali, sigam ela no  instagram e no facebook! 🙂

Meus 10 sapatos prediletos

…de Lady Gaga.

Recebi uma pergunta sobre isso, e resolvi transformar a resposta em um post. Na verdade eu tava querendo fazer faz tempo, só que a minha memória é uma coisa de aplaudir de pé. Me lembraram e? E? E tá aqui, agora! 🙂

Eu gosto de muitos, muitos (mesmo!) sapatos dela, roupas também, maquiagem também mas o foco de hoje é o sapato. E todo mundo também sabe que a Gaga usa sapatos no padrão normal lá de vez em nunca quando, pra dar uma sessão de descanso pros 1.55m dela (amo, temos a mesma altura de pigmeu). Tanto que um dos motivos do rasgo labral (a história toda da cirurgia, cadeira de rodas) foi o salto altíssimo e os tombos maneiríssimos que ela levava de tanto saltitar com aqueles negócios enormes. Caiu algumas vezes (algumas não, várias) mas segundo ela, ela não cai. O mundo que gira ao contrário. Mas cá entre nós: quando o assunto é salto 15/20/30/40/250, Lady Gaga reina.

Eu selecionei 10. Não são os únicos, mas selecionei muito (e tive que descartar outros que incluí na votação).

a1

Gaga usou essa bota por um bom tempo, desde a fase The Fame até a The Fame Monster. Por isso que tenho um carinho grande por ela, porque a primeira performance que me apaixonei, ela estava usando essas botas.

a7

God bless God Noritaka Tatehana, o designer dos sapatos sem salto. Eu admiro ela por ter usado por muito tempo esses modelos (ela ainda usa quando dá na doida), porque acreditem: não é fácil usar, dói muito. Não, nunca usei, mas vendo a gente já tem uma certa noção do estrago que causa no calcanhar e na parte da frente do pé, por ter que aguentar o peso do corpo SÓ na plataforma. Inclusive no CDFA (Council Fashion Designer of America) ela precisou da ajuda de sua irmã para caminhar, porque ela tava com um salto enorme.a9

Esse sapato só me lembra o trecho “Valley girls giving blowjobs for Louboutins”, hahaha. Eu sempre admirei muito esse sapato que é bem comum quando a gente fala da mídia feminina. É tipo um crocs de luxo porque sério, quase todas as famosas possuem esses Louboutins. E eu continuo amando e guardando ele no coração (enquanto não guardo no armário, porque mánei que é gudi nóis num have e abandonei meu emprego).
a8 Os famosíssimos McQueen. Bom, Gaga tinha o Alexander como estilista e melhor amigo (phyna né), então a maioria das coisas que ela usava em eventos e até pra comprar pão na padaria da rua de baixo, eram feitas por ele. Rolou até uma polêmica esses tempos sobre o modo que o pé fica ali dentro, ele dá a impressão de que o pé fica curvado, tipo pé de bailarina. Mas não fica, gente. Capaz que sapatos de Alexander McQueen vão ficar assim, né? Porque vâm pensar, se fosse realmente assim tava todo mundo de cadeira de rodas e ninguém mais comprava. É um sapato comum que tem ali dentro, e o McQ. fica por fora. É um sapato dentro de um sapato. E preciso falar mais nada, né? Porque esse sapato é o predileto de muitos, e marcou muito o início da bizarrice da Gaga que começou na era The Fame Monster. Saudades enormes, “Bad Romance”. ❤

a6Acho esse Shauna Sands Hollywood Blvd. collection simplesmente per-fei-to. Me lembra os Lita, acho que pelo salto e a plataforma.a5 Chegamos no meu sapato predileto! 🙂 🙂 quando eu vi ela com esse sapato, preguei os olhos ali e nunca mais tirei. Deixa ela tão elegante, tão linda (mais do que a rapariga já é) e ela simplesmente ARREBENTOU no show dos Rolling Stones, indo pra lá e pra cá e não caiu por nada nesse mundo (nem com reza braba dazinimiga). Se fosse eu, já teria caído no primeiro degrau, ido pro hospital, enfaixado o pé.

a4 Outro do Noritaka, que eu gosto mais do que o primeiro. Dá uma agonia de ver mas que é lindo, é. Pena que a minha coluna chora só de imaginar eu usando um desses.a3Porque ser fina é criar um sapato dedicado ao lançamento do perfume, com direito a dançarinos escalando do mesmo jeito que escalaram nos tetê da moça no comercial e na foto oficial do perfume.
a2 Depois do videoclipe de Marry The Night, os sapatos Giuseppe Zanotti não foram mais os mesmos. A parte da Gaga em cima da banheira nua e apenas com esses sapatos foi tipo um PÃM pras lojas, que começaram a colocar nas prateleiras (inclusive no Brasil) loucamente. E tá vendendo muito, mas nem todas conseguiram caminhar neles. E se conseguiram, é lá de vez em quando porque dá uma canseira danada no pé. Me pergunto como essa mulher conseguia usar esse sapato quase todos os dias, sério. Gaguinha, cê merece ser aplaudida de pé. ♥a10 Sou apaixonada pela escura, mas também sou doida pela clara. Juro que com os Lita, vou comprar um desse. Incluí com amor e carinho na minha wishlist de sapatos. ❤

O estilo de Florence Welch.

A Florence (mais conhecida como Florence + the Machine) é uma cantora britânica de apenas 26 aninhos e também é considerada uma das rainhas dos adolescentes apaixonados por música indie. Também pode ser a rainha do colágeno, porque eu não entendo aquele rostinho sempre lisinho e maravilhoso (até sem na-da de maquiagem!).

Sem um único gênero definitivo, muitos consideram a Flo como um Indie-pop, Soul e Indie-Rock e uma cantora bem excêntrica musicalmente falando, por usar instrumentos diferentes do que estamos acostumados a ouvir atualmente (tipo aquele pop com autotune até o talo e que fica na cabeça, de tão grude que é). As músicas dela são bem gostosas de se ouvir e o instrumento mais comum em suas músicas é a harpa, que combinando com um instrumental suave e com sua voz perfeitamente per-fei-ta, acaba transformando as músicas em verdadeiras obras de arte.

Eu tenho duas confissões sobre o post: uma que ele me ajudou a gostar um pouco mais da Florence (quem me tem em alguma rede social, principalmente no twitter, sabe que às vezes digo que não consigo engolir ela como muitos engolem) e simpatizar mais com cada música. Eu sempre achei a Florence uma bela cantora desde o dia em que eu ouvi/vi Kiss With A Fist pela primeira vez em 2009, mas eu não conseguia ouvir um álbum inteiro dela, tinha alguma coisa que causava isso e até hoje eu não sei. Eu olhava as fotos dela, eu via os vídeos dela, eu ouvia as músicas dela, e apesar de gostar, ao mesmo tempo eu não conseguia gostar dela de jeito algum. Foi quando eu pedi dicas de músicas legais dela (as músicas corta-pulso, lógico) e me deram várias opções. Eu ouvi uma por uma por dias, tardes e noites, e acreditem: eu gostei bastante dela. Mas não é aquele bastante do tipo baixar a discografia inteira, saber tudo sobre ela. E eu ouço quase todas as noites, pra conseguir gostar mais. A outra confissão é que esse foi o post mais demorado pra fazer, porque eu tive que pesquisar as inspirações da Florence, o estilo dela, fui em 3 galerias pegar fotos em boa qualidade, passaram por edição, etc. Fora que vi vários vídeos dela pra entender um pouco mais e tive que respirar fundo milhões de vezes pra não levar o meu computador pro lixão, porque ficou lento praticamente do nada. Mas graçazadeus ele chegou! 🙂 🙂

florencemagazines

A Flo tem um estilo muito interessante, e bem parecido com o que eu gosto. Posando para revistas famosas como Vogue e Interview, ela acabou sendo a queridinha dos fashionistas e chamou a atenção de grifes famosas (Gucci, Chanel, etc), tanto que nada mais e nada menos que Karl Lagerfeld a convidou para encerrar um desfile da Chanel.

florencekarl

Flo não tem medo de errar nas apostas, mesmo usando um conjuntinho ou uma mistura de estilos. Ela usa do estilo boho até o vintage, ou o clássico vestido longo à la McQueen ou Gucci, principalmente em eventos de gala.

florence07 florence01 florence02 florence03 florence04

Tendo como inspiração a década de 70 e 30, Florence ama rendas, transparência (principalmente nos vestidões), usa meia soquete com oxfords ou sapatos altos (sempre com um toque bem vintage) e abusa do estilo boho (mistura de vários estilos) que citei lá em cima. Eu gosto muito, muito mesmo do boho mas é aquilo de “gosto nos outros, não em mim”. Eu sempre acho que esse estilo de misturas e tal, vai ficar tenso em mim, principalmente o boho que a Florence usa. Ainda não experimentei porque essas roupas são ozói da cara e eu ainda não tô trabalhando e outra que é difícil de achar, exceto quando sua avó tem várias roupas perfeitas pra misturar e deixar legal (ou ter que achar em lojas do exterior).

florence05 florence06

A Welch também é apaixonada por chapéus, e disse que se vestia como um mulequezinho antes de entrar em tour e ter que usar roupas mais ‘sérias’. E sobre suas roupas de shows, ela diz que gosta de abusar do vestido longo fluido num estilo mais “bruxa”, mas às vezes deixa as pernocas aparecerem em roupas mais curtas.

florence10 florence08 florence09O cabelo ruivo da Florence também muda, como perceberam nas fotos. Às vezes um acobreado puxado pro ruivo alaranjado, e às vezes aquele ruivo-menstruação que eu TETESTO. Mas tem um cabelo dela que eu amo mais do que tudo. Deixa ela linda, e o rosto dela com esse look abaixo me lembra muito as décadas beeeeem passadas. Tipo 30, 40, 70.

florenceceremonials florencehair

Divina mesmo, néam? ❤

10 videoclipes mais polêmicos

Tava com saudade de fazer um top 10, e resolvi fazer um diferente, sem filmes, aquela coisarada toda. Resolvi juntar alguns dos videoclipes mais polêmicos na minha opinião, e colocar eles aqui. 🙂 (não, eu não coloquei a Madonna porque eu não gosto das músicas antigas dela e só ouvi duas até hoje).

Lady Gaga: Alejandro

A música não é a minha predileta do EP, mas de todos os videoclipes que a Gaga lançou até hoje, “Alejandro” é o meu predileto. A magreza excessiva da Gaga acabou tornando ela um ícone da moda, assim como o sutiã de metralhadoras e o cabelinho de tijela de cereal, e “Alejandro” é um dos vídeos mais polêmicos dela, assim como “Judas”. Claro que tem os jusnéio que acham blasfêmia em tudo sem ter conhecimento de praticamente nada. Embora PAREÇA blasfêmia não é não, basta entender! Mas o clipe mesmo assim é polêmico. Ele foi comparado por um bom tempo com “Vogue” da Madonna, e quer saber? Eu sou muito fã da Gaga, muito mesmo. Mas “Alejandro” é a cara de “Vogue” e acho alienação pura esses fãs que concordam com tudo o que um artista faz, que batem palmas pra tudo, que idolatram, negam as críticas… não mesmo.

David Bowie: The Next Day

Bowie sendo Bowie! O “The Next Day” foi lançado recentemente e tem o nome do próprio álbum, e em poucas horas já foi retirado do YouTube por  temas polêmicos como sexo, freiras, prostitutas, nudez, boates e religião, onde Bowie é um profeta. Foi o mais polêmico do Bowie (pra mim), e essa era nova dele tá regadinha de polêmica. Voltou com tudo e esse é o Bowie que eu conheço! O clipe sem censura você vê aqui ♥♥

Robbie Williams – Rock DJ

Eu tinha medo desse vídeo, hahahaha! Não é aquela polêmica de ficar boquiaberta e tal, mas eu acho ele bem bizarro. Acontece que o Robbie quer chamar a atenção de uma DJ e vai fazendo um strip SÓ QUE ele começa a arrancar a própria pele, os músculos e tudo mais.

Rammstein – Pussy

Acho que o nome da música já diz tudo, né. Rammstein costuma ter músicas assim mesmo, eu considero isso super normal lá na Alemanha, onde os cantores curtem uma polêmica.

Marilyn Manson – (s)AINT

Daria pra fazer um “Top 50 Marilyn Manson”, de tão polêmicos (e bizarros) que são os videoclipes dele. O video foi totalmente censurado por ter cenas fortes de mutilação e sexo, mas se quiserem ver o sem censura, cês acham aqui

Matt & Kim: Lesson Learned

Maneiro ficar nu nas ruas de New York.

The Strokes: Juicebox

 

Não gosto muito de Strokes (já gostei demais, mas foi de momento mesmo), mas esse vídeo deles é o mais polêmico. Foi censurado em 2005 por ter cenas de sexo lésbico e insinuações (alô boquete!) e o diretor ficou muito pê da vida, tanto que pediu pra que retirassem seus créditos do vídeo.

Jeremy: Pearl Jam

 

Esse clipe é muito chocante e eu não vi ele agora, só copiei e colei aqui direto então não sei se é a versão sem censuras ou é a original. A música fala da real história de Jeremy, que sofria bullying por seus colegas, era ignorado pelos seus pais e um dia, decidiu ir com uma pistola para a escola e deu um tiro em sua própria boca na frente de seus colegas e de sua professora. A banda quis polemizar mais e resolveu colocar uma cena congelada dos alunos cobertos de sangue.

M.I.A: Born Free

(Pra ter uma noção) o videoclipe foi retirado do YouTube, por ter cenas de sexo explícito e muito, muito sangue e muita, muita porrada. Que a M.I.A causa treta com polêmicas todo mundo já sabe, principalmente quando é sobre imigração e essas coisas. Ali no vídeo mostra, sem corte e nem nada, minas explodindo pessoas e coisas do gênero. A parte censurada está aqui

 

Cattle Decapitation: Forced Gender Reassignment

De uma banda de Heavy Metal você já pode esperar de tudo, até o do mais nojento e grotesco. Sangue, órgão genital sendo mutilado, sangue e cenas depravadas. Eu não vi o vídeo (e nem sou louca), mas vi que realmente é forte e tem que ter um estômago meio que fortinho pra ver. Às vezes acho que as pessoas ‘forçam’ e nem é tudo isso não, mas mesmo assim eu não vou assistir. Ele foi banido do YouTube e de vários outros sites (pra ver o nível do negócio), sendo considerado como o videoclipe mais abominável do mundo musical. Sem censuras: aqui

♥ What My Daughter Wore ♥

O blog “What My Daughter Wore” é da Jennifer Williams, uma ilustradora novaiorquina. A ideia dele é postar desenhos dos looks escolhidos por sua filha, irmãos e amigos. E não é que as ilustrações são apaixonantes ao extremo? ❤

10 1 2 3 4 5 6 7 8 9

A Jennifer posta seus desenhos no blog, e nossa… é um desenho mais incrível que o outro, e as roupas também. Vale a pena conferir! 😉 http://whatmydaughterwore.blogspot.com.br/

Milla Jovovich

Digamos que a maioria das atrizes que também são cantoras, cantam super bem. E uma das minhas prediletas, é a Milla. Vocês devem conhecer ela por fazer a Alice, do Resident Evil.

Sabe, eu gosto muito da atuação da Milla mas não sei que porra ela tá fazendo nos filmes do RE, já que nos jogos de videogame era a Jill Valentine, ou então a Claire. Todo mundo no jogo sobrevivia com munição, plantas medicinais, o spray da vida e muita, mas muita manha de escapar quando não se tinha mais nada. Principalmente quando o Nemesis aparecia e te perseguia por quarteirões. Ninguém tinha poderes incríveis, tipo sair voando e ter uma força do além. Eu acho SIM, que ela estragou todos os RE, e que quem deveria ser a personagem principal era a Jill, não Alice nenhuma. Mas eu gosto da Milla, não consigo não ir com a cara dela. Além de ser muito simpática, ela canta muito bem! E  essa vai ser a indicação de hoje. ♥

url

Aqui estão as minhas músicas prediletas dela, e vale a pena ouvir. Além de ser linda mais do que tudo no mundo e ter olhos PER-FEI-TOS, a Milla é muito querida e tem A voz de anjo. ♥

Electric Sky

Foi a primeira música que ouvi dela, e no dia seguinte foi a única música que eu ouvi, centenas de vezes. Batida viciante, voz viciante, refrão viciante. E tem a versão live aqui embaixo também.

É muito raro achar algum vídeo no YouTube dela cantando, e os que existem (além de Electric Sky) possuem problema no áudio, isso quando ele não tá totalmente cortado. Aqui neste site vocês encontram as letras dela + as músicas! 😉 http://www.whosdatedwho.com/tpx_1786/milla-jovovich/songs